Verdades sobre o Ford Fiesta

03-ken-block-fiesta-monster-girls Defeito neste Fiesta? Vou procurar. Já volto!

Ford Fiesta é um lixo carro fabricado desde 1976 na Europa; começou a ser comercializado no Brasil nos anos 1990 e com o tempo perdeu mercado; em 2002, com a nova geração, deu a volta por cima e se mantem firme e forte com mais plásticas que a Hebe, acompanhado do (este sim) New Fiesta.

13530_3870
O original já não era bonito…

A primeira geração a ser oferecida no Braçil, em fevereiro de 1995, era a terceira européia, lançada em 1989. Por conta da sua importação tardia, este já nasceu micado. Esta geração era trazida da Espanha e tinha o motor Cuduro Endura 1.3, além de um visual nada interessante (e que parecia ter parentesco com o Del Rey…), ainda mais frente ao Corsa Wind e ao Gol Bolinha. Foi um fracasso tão grande que nem chegou a substituir o Escort Hobby, mantido para competir no segmento “popular”.

14815_a
Eu também me assustei…

Já no começo de 1996 chegava a “segunda” geração, com design discutível (inspirada nos testículos ovos) e motores Endura-E 1.0 EFI, 1.3 EFI e 1.4 SE 16V EFI, sendo que este último pregava uma grande peça em seus propriotários, por não aceitar retífica (na verdade, até existe, mas ultrapassa o valor do carro). Como a Ford não dá assistência a quem precisa continuar utilizando o motor, geralmente os donos têm que se virar perguntando o que fazer no Yahoo! Respostas…

Ford-Fiesta-Tuning

Em 1997 chegou a versão picape, a Courier. A Ford apresentou em 1999 um “novo” Fiesta, que não passava de um tapinha no velho. A frente falhou miseravelmente em imitar os então novíssimos Ka e Focus, e voltou a usar os piscas laranjas, que já tinham sido abandonados na maioria dos concorrentes. Ainda assim, o tal "Fiesta Gatinho" ficou consideravelmente mais engolível do que o modelo anterior, o "Tristonho",  que realmente era uma tristeza que só.

OgAAAI5vglK69tSyQCA3seLi5uP03YQoZmjaLUHwnD5MsxeEiuzd50m6etu6xe_fc4CK2Kl6vooetUf-NHR3_KPDtlAAm1T1UBfGtgAuYPRdAH__SmlJJxCN9iQf (1) OgAAABHfgroPQsR4YrgTctcgMZcVZc2IsigCZLbpf3PqJ4lmjb6TlOi7kd8MpDqQhXT1GnbndZ0VYPK1a-oWys9qnqEAm1T1UJq0_4R5habrKu0WJBcibsxHnR5d

Sem falar que a lateral era a mesma, e só o logotipo mudou na traseira. Ao menos dois novos motores da linha ZéasTeca surgiam: o 1.0 e o 1.6, que se mantêm até hoje. Alguns anos mais tarde, em 2001, surgia a variação sedan, trazido do México numa época que ainda não havia isenção de imposto de importação para produtos oriundos daquele país. Pra piorar, o carro só vinha na configuração 1.6 completa, deixando seu preço nas alturas.

Ford-Fiesta-ST-3

Ainda em 2001 o Fiesta era lançado em nova geração na Europa (acima). O modelo brasileiro, lançado em meados de 2002, parecia bem adaptado ao gosto brasileiro: fabricado na Bahia, com visual externo mais bonito, interior empobrecido e motor 1.0 só para variar. Mas este tinha opção de Supercharger (abaixo), que aumentava mais o barulho e o consumo que o desempenho de fato. Como a VW fez questão de exaltar (numa propaganda de época do Gol Turbo, que por sinal foi banida), o Supercharger tinha tecnologia de geladeira.

Um dos destaques do então Novo Fiesta 2002 era o acabamento descartável, que assim como o EcoSport formava aquela escola de samba ambulante, mas foi melhorando com o tempo. A boa dirigibilidade, uma das características do modelo antigo, porém, foi mantida e continua sendo um dos pontos fortes do Fiesta até hoje, mesmo já envelhecido.

1270217819_85368096_2-Fiesta-Supercharger-Superbacana-20022003-Campinas-1270217819
Só o compressor custava 15% do valor do carro

Interessante que, no começo, só o Supercharger podia ter rodas de liga leve, grade superior parcialmente pintada e faróis de neblina, enquanto o 1.6 não tinha os itens nem como opcional. O modelo 1.0 aspirado nem merece ser citado, pois era bom no Ka, mas não em um hatch muito mais pesado, e junto com o Corsa, o Palio e o Kangoo, integrava a tropa de carros mil mais mancos do Brasil. E esta geração do Fiesta pode apresentar problemas na embreagem, que parece ser subdimensionada para o carro.

ford-fiesta-trail-2
Vão-livre maldito!

Mas, juntamente com o EcoSport, virou sucesso no Brasil, especialmente pelo tamanho maior em relação ao antecessor, pelo design New Edge e, claro, pelos feirões de fábrica com a propaganda dos bichinhos de pelúcia.

91549089bg1
Fiesta Sedan naturalmente rebaixado

Em 2004 chegou o modelo Sedan e o motor 1.6 Fléquis, um ano depois de Fiat, GM e VW. As versões perua/minivan e picape, previstas na época, não sairam do papel. E se o 1.0 já era ruim no hatch, no sedan então era um sofrimento, possivelmente o carro mais lento do país. Hoje ainda existe Fiesta Sedan 1.0, mas este responde por apenas 2% das vendas, único caso de versão 1.0 que vende menos.

myride08082008_0097

Para a linha 2008 (que, diga-se de passagem, estreou em janeiro de 2007), o Fiesta passou por uma reestilização que tornou sua frente quadrada, mas ainda assim melhorou o aspecto do carro e tirou o cansaço por algum tempo. A traseira mudou ligeiramente no hatch, com novas lanternas e para-choque. No sedan, absolutamente nada mudou na traseira. A versão Trail, antes veiculada em kits nas concessionárias, se tornou versão de série.

Ford Motor Companhy Brasil
Novo Ford Fiesta 2011 - Modelos Hatch e Sedan
Abril/2010
OK, este é montagem, mas existem muitos desse jeito aí, modelos 2010 e 2011

Em 2010 chegou a segunda reestilização na mesma carroceria de 2002, ainda mais pavorosa. A frente, que antes era quadrada, passou a ficar totalmente redonda, ganhou um bocão ao estilo Kinetic, faróis com lente em forma de bolha cujo desenho aproveita o recorte do mesmo capô de antes, deixando uma pontinha nos faróis. A grade superior virou um friso e a moldura dos faróis de neblina ganharam um aspecto tunnado. O sedan ganhou novas lanternas, que imitavam às do velho Fusion (cópia muito mal feita, por sinal). Mesmo sendo controversa, a reestilização logo surtiu efeito nas vendas e caiu no gosto do povo.

m_bfiesta_2011-sedan-traseira
Que coisa, não?

Em 2010 chegou o New Fiesta Sedan SE, e em breve o mercado terá o modelo hatchback desta nova geração, lançada em 2008 na Europa. Entretanto, o novo sedan, apesar do design super bem elaborado, passou longe de alcançar o sucesso de concorrentes como City e Cerato. Talvez o fato de ter uma única versão (pra não matar o Focus Sedan, que apesar de superior sempre vendeu mal), com cara de básico (vem com um tampão no lugar do farol de neblina e rodinhas 15" chochas), explique o fracasso. Ele pode ter sete airbags, mas de série não há nenhum. Freios ABS e bancos de couro também são opcionais.

Outros apontam o nome Fiesta como razão das baixas vendas, já que esse nome remete ao modelo nacional, muito mais simples. Porém, se viesse com outro nome seria desonesto por parte da Ford, já que por mais evoluido que o carro seja, na Europa ele é um Fiesta. Uma pena que não acertaram na estratégia, pois é um excelente carro.

2440135481_b139b3b4ba

Donos
faade8bc5e
  • Todo dono de Fiesta adora pagar de gostosão, mesmo quando o carro não é dele
  • Eles não retirar os plásticos dos bancos para que fiquem sempre limpos e novos e para fingir que o carro é novo
  • Nos feirões de fábrica, os interessados no Fiesta querem o carro parcelado em 84 vezes, exigem que seja sem entrada, e ainda pedem desconto
  • O CD Player de um dono de Fiesta toca rádio AM/FM, CD e, mais raramente, tem entrada USB (o que não vale a pena, pois só escutam Calcinha Preta, Gaiola das Popozudas ou os flashbacks dos anos 1980)
  • Quando não querem inve$tir no tuning, mandam cortas as molas, pensando que ganharão potência e estilo
ken_block_gymkhana_three_3_ford_fiesta
O que todo dono de Fiesta acha que tem
  • Os donos de Fiesta compram pneus remold e rodam até depois de ficarem carecas
  • Eles chamam o carro de "Pelo Menos", pois pelo menos não estão andando de busão
  • Entre os donos de Fiesta também estão os universiotários, que ganharam um Fiesta como prêmio de consolação por ter entrado numa faculdade particular qualquer
Versões
fiesta-street

Street: O modelo estreou em 2000 trazendo de série nada além do estritamente necessário para andar. As rodas não tinham calotas, os parachoques não tinham pintura, o motor era 1.0 e faltava até mesmo um simples quebra-sol para o passageiro. Depois da chegada do "New Edge", o Street ficou menos pobre e sobreviveu até 2006 como uma opção pra quem preferia um acabamento mais digno em vez de um design mais moderno. 
GL: Logo acima do limite de pobreza imposto pelo primeiro Street.
GLX: Modelo completo até a chegada do Fiesta 2002.

ford fiesta class 1 0 4 portas campinas sp brasil__5C1678_1

Class: Versão mais equipada do Fiesta “tristonho”, era uma série especial e passou a ser versão de produção. Depois da reestilização de 1999 houve a versão GL Class, e hoje é um pacote de opcionais que agrega os itens básicos de sobrevivência (ar-condicionado, direção hidráulica e vidros elétricos).

ford fiesta sport 1 6 completo sao caetano do sul sp brasil__5D0525_1

Sport: Surgiu em 2000 e era limitado a 1000 unidades. Nada mais era que uma roupagem “esportiva”, com cor vermelha, grade de galinheiro, podre-kit e rodinhas que imitavam as do Focus Ghia (que por sua vez imitavam as do Del Rey). Tinha motor 1.6 ou.. 1.0.
Personnalité: Nome chique, mas poderia ser “Peladé”, já que era o mais pé-rapado da história do Fiesta (mais que o Street), pois era o modelo baiano com motor 1.0. Os primeiros vinham sem calotas.

fiesta-trail1

Fail Trail: A Ford revidou contra o CrossFox em 2005 com esta versão off-road light. Primeiro era um kit, com direito a parachoques cinza escuro, e em 2007 passou a ser modelo de série, pra atender quem queria um EcoSport mais não podia. A suspensão e os pneus era o mesmo de qualquer Fiesta.
Fly: Opção de acabamento mais rústica da atual linha Fiesta.
Pulse: Modelo pouco mais refinado que o Fly, que agrega detalhes pintados na cor da carroceria, calotas mais bonitas e acabamento diferenciado.

Verdades
Mazda_121_3-Türer
Isso não é um Fiesta!
  • O Fiesta ganhou um clone feito pela Mazda, o 121, que depois se tornou o Mazda2. Antigamente, a cópia era mais descarado; hoje, esses carros possuem design exterior e interior distintos
  • O Fiesta foi projetado pra custar o mais barato possível, mas o pessoal da Ford não soube fazer as contas e deu tudo errado
  • Mesmo 0km, alguns Fiesta já caem nas mãos de manolos funkeiros, que cansaram da manutenção cara dos ostentadores hatches médios usados
  • Os parachoques do Fiesta são feitos de casca de ovo, não é raro ver modelos com apenas 2 ou 3 anos de uso com parachoques todos fudidos
  • O Fiesta possui um "spoiler" de borracha na parte inferior do para-choque, improviso para melhorar a aerodinâmica. Nos modelos até 2007, essa borracha fazia tanta diferença que um carro sem isso parecia estar "banguela"
aaa
É tudo improviso
  • O Fiesta 1.0 Supercharger, alem de fraco e beberrão, quebra com facilidade e vibrava demais, mas o barulho empolgava os manos
  • Não se sabe o que faz mais barulho: o motor do Fiesta ou o acabamento interno que range no chão do Braçil
  • O Fiesta tem uma das melhores dirigibilidades entre os hatches
  • O New Fiesta vem com pneus chineses, então não se espante caso ele rasgue numa curva a 110 km/h 
  • Aliás, o New Fiesta não tem protetor de cárter, farol de neblina, ESP, e não sobe os vidros quando se liga o alarme. Resta saber porque ele custa R$ 55 mil
Sugestão de Rafael GBR

48 comentários:

CSS disse...

O Sedan 2001 era importado da Turquia e não do México!
E "Fiesta" o dono faz quando consegue vender!

João disse...

Muito bom o post!!! Mesmo sendo dono de um Fiesta, 2007/2008 Sedan 1.6 Class, eu rachei de rir.

E sim, eu vou fazer festa quando vender ele, pois vou pegar outro!!

diego felipe disse...

huahuau queria vê vcs falarem sobre o camaro

Júlio Max (Auto REALIDADE) disse...

Eu sei, Diego, eu sei...

CSS, Fiesta Street Sedan importado da Turquia?

G. disse...

Eu tenho um fiesta 2006/2007 1.0 sedan...já passou por cada história..tanto no banco de traz como até ser roubado e devolvido huahua

E a questão do para choque banguela não é a toa...o "banguela" é o modelo 1.0...o 1.6 tinha aqla borracha pora causa da refrigeraçao q era diferente.

Rafael GBR - Top Gear BR disse...

o fiesta 1.4 16v é zetec e não endura,também esqueceram da versão CLX que é a top de linha dos fiestas 96 a 99.

tenho um clx 97 desse em casa,que apesar de dar umas broncas pesadas de vez em quando é um bom carro.

João Melo disse...

O Fiesta novo também não tem fechadura no acessso ao tanque de combustível.
Não consigo imaginar uma razão para custar R$ 55.000,00.

FISH disse...

carro sem graça em todas as versões.

tbm nao entendo a "bagatela" de R$ 55.000

Sinatra disse...

Falem o que for do Supercharger, mas a VW mordeu a língua: Enquanto tem muito Fiesta Supercharger vivo por aí, os Gol e Paratoscas 1.0 turbo estão quase todos nos ferros-velhos Brasil adentro. Um erro gigantesco ao vender um carro caro, com status, acabamento, construção e dirigibilidade de popular, desempenho de 1.4 e manutenção de C180. Retífica, se não cuidasse, dava antes do que o primeiro jogo de pneus.

Pedro Ivo disse...

Na verdade quem teve o Fiesta da primeira geração fabricada aqui (o "tristonho" e posteriormente o "olho de gato") dizia q o carro era muito bom de se dirigir.
Mas nada justifica xunar um. E, ainda q seja meio extravagante, eu achava o Fiesta Sport (aquela série especial de 1000 unidades) até bonitinha

A Kranz disse...

Affs ja dirigi o sedan 1.6 pra min é uma porcaria , nao tem estabilidade nenhuma , nao passa confiança e o motor tb nao gostei ah as marchas parece que dao defeito mto facil..

Edwilรσи Tєcн disse...

Engraçado que no comercial do Gol o preço é de 23.990, como se ve o Lula acabou com o Brasil. E um amigo meu tem um Fiesta Sport igual o das fotos, ele colocu rodas 16 e turbinous, juntamente com suspensão esportiva.

rafael disse...

hj um desses ñ sai por menos de 35 mangos,o new fiesta só na configuração sedan colocaram na categoria premium e custa mais q o focus atual e o fiesta (Rocam)BOLE

Thiago Barbosa disse...

O único Fiesta dos antigos que eu gosto é a Versão esporte

Fiesta Sedan importado da Turquia??? CSS meu filho, você usou drogas?

O Fiesta Street Sedan era produzido no México e ele é baseado no Ikon, modelo da Índia, e os forros de porta do Sedan Street eram diferente do hatch, tinham design mais antiquado (Com direito a maçaneta interna quadrada, assim como um porta trecos com falante conjugado que parece ter vindo do Uno) procurem ver imagens ou ver os carros ao vivo, verão a diferença.

João disse...

"nao passa confiança e o motor tb nao gostei ah as marchas parece que dao defeito mto facil.."

Sério?? Pois o meu tá com 115mil rodados, como eu falei, 60mil na minha mão, e nunca deu defeito no cambio!! E a estabilidade, acho que você se enganou, pois é o Sedan "popular" com a melhor estabilidade, e dirigibilidade que eu já dirigi.

Cássio Felipe disse...

Fiesta reestilizado de 2010 é um dos carros mais feios que ja vi, fizeram ele totally nas cocha colocando frente redonda e mcarro quadrado...

Pardo disse...

"O CD Player de um dono de Fiesta toca rádio AM/FM, CD e, mais raramente, tem entrada USB (o que não vale a pena, pois só escutam Calcinha Preta, Gaiola das Popozudas ou os flashbacks dos anos 1980)"



O que há de errado com os flashbacks dos anos 80???, anos 80 são muito melhores que essa merda emo e coloridinha que temos na música do "Braziu" hoje.



Edwilรσи Tєcн disse...
Engraçado que no comercial do Gol o preço é de 23.990, como se ve o Lula acabou com o Brasil (...)


O que tem a ver o Lula com o fato de o Gol custar 23.990???, isso é só pra ver como a TV faz lavagem cerebral na cabeça das pessoas, qualquer coisa que acontece falam mal do Lula (né "Grobo"???)




Quanto ao Fiesta, eu achava ele legal justamente na versão de 1995 importada, minha mãe já teve um e o carro era muito bom, bem melhor que os 1.0 de hoje, pena que com a reestilização de 2003 o Fiesta ficou com cara de carro de tiozão, como todo Ford é.

Thiago Barbosa disse...

Eu gosto dos flashback, diferente das merdas que ouvimos hj em dia por bandinhas gays, como o pardo citou

................................. disse...

O CD Player de um dono de Fiesta toca rádio AM/FM, CD e, mais raramente, tem entrada USB (o que não vale a pena, pois só escutam Calcinha Preta, Gaiola das Popozudas ou os flashbacks dos anos 1980)"

Hehehehehe a parte dos flashback dos anos 80 e verdade.E o tipo de musica que mais escuto no meu fiesta.

Edwilรσи Tєcн disse...

@Pardo : Eu fiz uma comparação, na epoca o Gol Turbo custava 23,990, hoje em dia tem usados que valem pra lá de 28,000. Os carros simples de hoje (que não chegam aos pés do Gol Turbo) custam esse valor. O Fernando Henrique nao exagerava nos impostos, já o Lula....

cRiPpLe_rOoStEr a.k.a. Kamikaze disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
cRiPpLe_rOoStEr a.k.a. Kamikaze disse...

o pardo é petista, aí é foda msm...

A Kranz disse...

Sério?? Pois o meu tá com 115mil rodados, como eu falei, 60mil na minha mão, e nunca deu defeito no cambio!! E a estabilidade, acho que você se enganou, pois é o Sedan "popular" com a melhor estabilidade, e dirigibilidade que eu já dirigi.

-----
Foi mau eu ando de zafira 2.0 16v top , da muita diferença pra um carro popular

Paulo Freire disse...

O 1.4 é o Zetec tec tec.

Lucinha disse...

Essa série "verdades" está bem chatinha... Deixe isso para o "Notícias Automotivas", aqui deveria ser exclusivo para os carros "modificados"

João disse...

"Foi mau eu ando de zafira 2.0 16v top , da muita diferença pra um carro popular"

É um ótimo carro, mas em momento nenhum eu falei que você anda de popular, e sim, que eu ando heheheeheh

Mas uma coisa, reclamar da estabilidade de um Fiesta, e ter um Zafira é sacanagem né? Já trabalhei com um Zafira enquanto eu dirigi taxi, e sério, é um carro muito bom e confortável, mas dá até medo fazer curva com ele.

Wallace disse...

Sendo eu um dono de um Fiesta 1.0 97 (tristonho)desde 0, eu até achei graça de muita coisa que vocês colocaram ai, Uma coisa é certa, entre os 1.0 do mercado o fiesta é o com o motor mais fraco, mas o mais duravel (o meu já rodou 279.000 km sem retifica), a dirigibilidade dele é realmente a melhor de todos, embora ele acabe como uma escola de samba com o tempo, ele é o que tem o melhor acabamento dos 1.0 no mercado.
Minha esposa comprou um 2008 recentemente (1.0 com 85cv) e achei ele excelente, um excelente custo beneficio para o que se propõe.

Uma dica, quando vocês fizerem estes textos lembrem se de colocar as coisas boas também, afinal mesmo cheio de defeitos estes carros tem lá suas vantagens.

Bom trabalho.

Wallace disse...

Ah esqueci de comentar que embora este novo Fiesta (que é muito parecido com a versão anterior) seja muito caro, ele é uma das versões mais belas da Ford atualmente.

A versão que vocês colocaram em algumas fotos é o WRX criado especialmente para rallys na Europa, e é vendido sob encomenda.

Bem cuidado um Fiesta dura bastante tempo mantendo muitas das caracteristicas iniciais, mas como eu disse ele tem que ser bem cuidado.

Eduardo Fujiwara disse...

qual o problema com o flashback dos anos 80? anos 80 só tem musica boa oras...


mas eu acho o Fiesta um bom carro, teria um a qualquer momento, inclusive talvez considere comprar um MK3 ou MK5 e colocar um Zetec 2.0 nele... idéias na minha cabeça é o que não faltam...

Henrique disse...

Pardo é Dilmero e Luleiro, a forma de governo ta diretamente ligada a os preços dos produtos, seja em imposto ou forma de gestão, o imposto sobre os veiculos foi um dos que mais almento pro Lula poder enche a boca e dizer que arroz e cimento ta mais barato que na época do FHC.
Isso só favorece tambem os bancos, que tem uma otima arma pra individar as pessoas com juros astronomicos, os mesmos que financiam as campanhas dos Dilminhas

Rafael GBR - Top Gear BR disse...

o clx 1.4 zetec daqui de casa rodou 190 mil km e pediu retifica (fumando pra carai) meu pai foi fazer um orçamento e ficou em mais de 4 mil,sendo que o carro mal vale 7,meu pai deu uma geral no motor anéis de segmento,casquilhos de biela,bronze de biela dentre outras milhares de peças deu uma "rebaixada" no cabeçote (não ficou como uma retifica,mas parou de fumar e ficou "forte") e ta tentando passar çaporra pra frente a cerca de 1 ano,ninguém quer por ser 16v,o brasil é uma merda mesmo.

Júlio Max (Auto REALIDADE) disse...

Lucinha, se o Notícias Automotivas publicasse estas Verdades, no dia seguinte (ou até antes) já tinha sido retirado do ar, sem dúvida nenhuma.

Wallace, até que fomos bastante bondosos com o Fiesta, é só comparar com outros textos em que não tecemos um só elogio... E flashback não é ruim, mas como o "........" disse, é um estilo de música tipicamente escutado pelos donos de Fiesta.

Wallace disse...

Eu percebi sim que este texto foi generoso com o fiesta, especialmente porque ficou bem humorado, eu já esperava algo assim, por isto eu gostei.

Só um adendo, eu sou dono de Fiesta e curto Rock, de preferencia bandas Inglêsas de 60 a fim dos 70. (Retrô mas o que há de melhor no Rock vem dali).
Anos 80 realmente é podreira pura.

Roger disse...

eu teria um sedan 1.6 sem problemas...já o 1.0...

Rafa disse...

Nunca li tanta porcaria na minha vida, rachei kkkkkk
Tenho um 2001 e o carro é confortável, gostoso de dirigir não quebra e faz 13 km/l na gasolina e de 0 a 100 em 12 segundos.

Maicon disse...

Fista tristonho era triste mesmo, feio bagaray.
mas algumas pessoas elogiam muito o fiestinha, o que se acha de usados no mercado é brincadeira, e todos pelados.

Pardo disse...

Edwilรσи Tєcн disse...
@Pardo : Eu fiz uma comparação, na epoca o Gol Turbo custava 23,990, hoje em dia tem usados que valem pra lá de 28,000. Os carros simples de hoje (que não chegam aos pés do Gol Turbo) custam esse valor. O Fernando Henrique nao exagerava nos impostos, já o Lula....


Gol turbo valendo R$ 28.000???, você não está enganado não???, pois esses Gols Turbo 1.0 hoje são verdadeiros micos, não vendem nem com reza brava.

P.S: Por R$ 23.990 ainda se acha Gol G4, o G5 é que está R$ 28.000.

Pardo disse...

Júlio Max (Auto REALIDADE) disse...
... E flashback não é ruim, mas como o "........" disse, é um estilo de música tipicamente escutado pelos donos de Fiesta.



Eu escuto flashback dos anos 80 e não sou dono de Fiesta.

baixamais disse...

tenho um fiesta 2006 streettt com 62000km rodado ! o carro ainda estar com o som de de 5000km. resumindo cuidano bem do carro esse motrr zetec da na cara de muito motor de carro popular que vende por ai!!!

. disse...

Tenho um endura 1.0 99, se som flashback contar smiths, jesus and mary chain, joy division e etc, até me enquadro no perfil dos donos hehe...

Mas, mesmo meu carro sendo o mais básico possível, ou pelado, é o 1.0 mais confortável e o carro com melhor posição de dirigir que já peguei. Fora a estabilidade em curvas, mesmo com pneus 175/70 r13 consigo fechar curvas a 140 que não faria em muito carro que se diz "sport".

Quanto ao motor é uma tristeza mesmo, estou tão acostumado a fraqueza do motor dele que quando pego o voyage da familia, 15 anos mais velho q o fiesta, canto pneu até em 2a haha...

Esqueceram de falar que o zetec-s 1.4 tem retifica inviável no preço pq tem o bloco de alumínio, e pro motorzinho deixava muito 2.0 pra trás!

Jeferson Dias disse...

acho q a descrição que vc fez dos donos de fiesta, batem mais com as de dono de GOL...

Rafael Pimenta disse...

sou proprietário de um 1.6(105cv) 2004 top de linha. rodas de liga leve, farol de neblina, airbag(é amigo, airbag. pensava q ele nao oferecia esse opcional? kkk), ar, dir, vidro eletrico nas 4 portas... Enfim ele tem qse tdo(falta só computador de bordo e abs). nao troco ele por esses carros novos de jeito nenhum. estabilidade ótima e um ótimo torque9ja dei coro em corolla e golf). o unico problema dele é realmente que custa caro as peças qndo quebram. o meu tem 112mil rodados. Ahh e falaram que só encontra fiesta pelado nas revendas, a explicaçao é que um fiesta top é muito caro(tanto o antigo qnto o novo), entao os mais vendidos sao os pelados. os completos sao muito pouco vendidos e quem compra nao vende

marta disse...

Tive um Fiesta 2000, 1.0, motor ZTec. Podem falar o que quiser, mas era um excelente carro. Andava bem, não dava mecânica e era econômico. Ainda tinha uma boa arrancada. Só troquei em 2009, depois que meu filho conseguiu rodar e bater duas vezes e acabar com o motor.

Hodney disse...

Uma coisa eu posso dizer: em termos de dirigibilidade, o Fiesta é bem mais agradável que o Palio e espaçoso também. Só perde para este em termos de desempenho no caso do motor 1.0.

Tiago disse...

Gosto muito de ler o site, mas sinceramente agora me desanimei. Falo isso pq ta tive um Fiesta 1.6 2009, o carro era muito bom, comprei zero, so vendi para evoluir de categoria.
Agora o site "Noticias Automotivas" vem dizer que o Ford Fiesta é um lixo... Aaaaaa kra´s sinceramente não sabem o que estao falando e ainda por cima ofendem que tem ou ja teve um Fiesta.
Esta baixando o nível do site mesmo...

Ruberlan disse...

Quem postou essa matéria é um gaiato. Fazer as pessoas perderem seu tempo lendo asneiras e o pior, com informações erradas. Não sou dono de Fiesta nem nunca possuí nenhum, mas se você quiser manter o seu blog contrate um profissional especializado para postar essas matérias.

André Gabella disse...

A Kranz,

Sò pegar um Fiesta 1.6 e por do lado dessa reliquia GM, é so pegar a Serra do Cadeado aqui no Parana e ve quem atravessa em menos tempo!!!
Vamos ve se essa Zafira é melhor que o Fiestão mesmo!!!

XD disse...

Quanta bobagem... Fiesta Zetec é só alegria. Tenho um GL CLASS 2000, 1.0.
Ta chegando aos 140000km, com embreagem original, não queima óleo, conforto excelente. Fiz uma média de 130km com 10 L de gasolina, na cidade. Hoje em dia carro é algo descartável... Ford é Ford. Quem conhece o Zetec 1.6, e vê que tem 14 kgf de torque a 2000 RPM se espanta.
Carro econômico, com Air Bag, Direção Hidraulica, Vidro, Trava, Desenbaçador, limpador traseiro, um dos MENOS roupados do país e com manutenção e peças baratas, num carro que custa 9000 reais. Da nojo andar em carro popular 0km, carro usado, bem cuidado, só da alegria...

Postar um comentário

Comentários ofensivos, inoportunos e trolls serão excluídos. Lembre-se, não alimente os trolls!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.